Uma Elefanta Rosa

09 Feb 2019 02:28
Tags

Back to list of posts

<h1>Criar Avatar Online De gra&ccedil;a! (Imagem De Perfil)</h1>

<p>H&aacute; uma cena em &quot;10:04&quot;, o novo e aclamado romance de Ben Lerner, pela qual o narrador descreve tua visita a um &quot;Instituto da Arte Perda Total&quot;, em Brooklyn. Ao Apartamento Inteligente De M&eacute;dio Modelo Se Populariza , ele &eacute; instru&iacute;do a fechar os olhos e acrescentar as m&atilde;os, e uma pessoa coloca nelas &quot;o que parecia ser uma s&eacute;rie de bolas ou bonecas de porcelana&quot;.</p>

<p>A quem compete a decis&atilde;o sobre isto? Uma rachadura em uma escultura representa amea&ccedil;a &agrave; maneira na qual a vemos? Se voc&ecirc; imaginava que este tipo de especula&ccedil;&atilde;o serve s&oacute; de cen&aacute;rio a romances p&oacute;s-modernistas, se enganou. O instituto que &quot;10:04&quot; prop&otilde;e n&atilde;o &eacute; fic&ccedil;&atilde;o, e se baseia no Salvage Art Institute (SAI), gerado cinco anos atr&aacute;s por Elka Krajewska.</p>

<ul>
<li>No momento em que: 17/3 a 16/4. Ter. e qui.: das 19h30 &agrave;s 22h30</li>
<li>Sistema n&atilde;o linear de anima&ccedil;&atilde;o</li>
<li>O brinquedo pode ser jogado individual ou coletivamente</li>
<li>quatro O v&iacute;deo</li>
<li>dezenove Tom Vai ao Jap&atilde;o</li>
<li>Diga &agrave;s perguntas com honestidade e seja tate&aacute;vel</li>
<li>25/08/2018 12:Quarenta e cinco | Jo&atilde;o Gabriel</li>
</ul>

<p>Krajewska persuadiu a AXA Art, uma das maiores seguradoras de arte do planeta, a dar a ela uma amostra de seu acervo. Krajewska recebeu em torno de cinquenta obras em condi&ccedil;&otilde;es variadas, entre elas uma escultura de Koons como a descrita em &quot;10:04&quot;. Krajewska, por&eacute;m ela acredita que pe&ccedil;as recuperadas deste jeito (as vezes descritas como &quot;arte morta&quot; ou &quot;arte zumbi&quot;) possam ofertar uma nova forma de apreciar a arte contempor&acirc;nea.</p>

<p>As tentativas do SAI para mudar a maneira pela qual a arte contempor&acirc;nea &eacute; rotulada n&atilde;o agradaram a todos. Como Desenvolver Um V&iacute;deo Caseiro Estiloso , um provocador art&iacute;stico que s&oacute; localiza rival no colega brit&acirc;nico Damien Hirst em termos de sucesso comercial e fama, &quot;n&atilde;o quis se envolver com qualquer de nossas ideias&quot;, diz Krajewska. Ben Lerner, o autor de &quot;10:04&quot;, todavia, acredita captar o que Krajewska ou melhor. Informa&ccedil;&otilde;es Para Otimizar Teu Site Pra Dispositivos M&oacute;veis sobre o que &eacute; e n&atilde;o &eacute; arte nada t&ecirc;m novamente, claro. Marcel Duchamp prop&ocirc;s a pergunta quase 100 anos atr&aacute;s quando decidiu que objetos cotidianos, &quot;ready-made&quot;, como um urinol, podiam ser obras de arte.</p>

<p>Mais h&aacute; pouco tempo, como parte das Reith Lectures da BBC, o artista brit&acirc;nico Grayson Perry, ganhador do Turner Prize, delineou como as formas pelas quais medimos a qualidade de obras de arte mudaram no decorrer dos tempos. O artista estava brincando, contudo tua mensagem era clara: a arte hoje &eacute; v&aacute;rias vezes espantada e valorizada mais pelo pre&ccedil;o do que pelo valor est&eacute;tico. Numa manh&atilde; recente, visitei a AXA Art, em um edif&iacute;cio mon&oacute;tono de escrit&oacute;rios no centro de Londres.</p>

<p>Uma tela vasto, em tom vinho, pintada em 1979 por Ed Ruscha, pendia da parede diante de mim, revelando as frases &quot;fa&ccedil;a o que mandamos ou pagar&aacute; por isso&quot;, descoloridas e censuradas com barras brancas. Como novas obras do artista pop norte-americano, o quadro espanta e enerva. Entretanto de imediato n&atilde;o poder&aacute; ser dito legalmente como obra de arte. Em uma mostra privada numa galeria de arte londrina, uma das celebridades visitantes acidentalmente derramou vinho pela tela.</p>

<p>S&oacute; muitas gotas atingiram a pintura, mas isto bastou pra que a AXA a declarasse perda total. O escrit&oacute;rio cinzento e sem gra&ccedil;a &eacute; uma verdadeira caverna de tesouros art&iacute;sticos que n&atilde;o morrer&atilde;o, mesmo quando vivam sem ter quem os contemple e aprecie. 180 1000 em atividade de uma rachadura (t&atilde;o pequena que nem ao menos consegui enxergar). Expor a perda total de uma obra de arte requer a concord&acirc;ncia e o envolvimento de m&uacute;ltiplos especialistas.</p>

<p>Seguradoras como a AXA mediam entre os donos das obras, os avaliadores e os especialistas em conserva&ccedil;&atilde;o antes de tomar a decis&atilde;o desfecho a respeito da preserva&ccedil;&atilde;o ou n&atilde;o de uma obra. &Agrave;s vezes podes n&atilde;o existir outra op&ccedil;&atilde;o que n&atilde;o notabilizar perda total. Em 2006, como por exemplo, asas de borboleta que eram por&ccedil;&atilde;o de um quadro de Hirst foram danificadas em tr&acirc;nsito e n&atilde;o havia como substitui-las visto que vinham de uma esp&eacute;cie rara de borboleta. Clare Dewey lidou com centenas de casos quando era avaliadora de indeniza&ccedil;&atilde;o pela AXA (ela neste momento deixou a companhia).</p>

<p> Deixe A Tua Criatividade Rolar Solta as obras possam ter sido declaradas como de valor zero, para fins legais, isto n&atilde;o significa que n&atilde;o tenham valor, ou que n&atilde;o possam um dia recuperar qualquer valor de mercado. Comento que isto parece ser um servi&ccedil;o lucrativo. Ser&aacute; que o fato faz da AXA Art uma esp&eacute;cie de galeria de arte?</p>

[[image http://montink.camisadimona.com.br/image/cache/data/camisas/unicornio-desenho-5a5a1ac666288-estampa-304-680x969.png&quot;/&gt;

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License